Minimalismo – Dica de Documentário

Cada dia mais eu acredito que a nutrição vai muito além de planejar um cardápio e entregar ao seu paciente, é muito mais do que isso. Se alimentar é um ato social que envolve muitas outras coisas, como sentimentos. Acredito que o papel do nutricionista é ajudar o paciente a estar conectado consigo mesmo, entender e  ajudá-lo no processo de se conhecer e aprender a fazer escolhas saudáveis para uma vida equilibrada. Não é só contar calorias, é estar em harmonia.

Tenho assistido alguns documentários e lido alguns livros bem legais que quero compartilhar com vocês, para que possam buscar uma vida mais equilibrada e saudável, não só em relação à comida, mas em todos os sentidos.

Não podemos falar em vida saudável sem falar em consumo consciente, em comprar conscientemente, ainda mais em um momento complicado como este em que nossa economia está passando.

Minimalismo é um documentário sobre ter menos, gastar menos e acabar, tendo mais: mais tempo, mais saúde, mais energia para gastar com o que realmente importa.

Recomendo que assistam e façam uma reflexão sobre o tema e que possam encontrar algo para aplicar em suas próprias vidas. Eu já estou tentando aplicar esse conceito minimalista em minha vida há um tempo e posso dizer que vale muito a pena. Antes vivia achando que precisava comprar mais coisas, estar na moda, nunca sobrava dinheiro pra nada. Em dezembro resolvi fazer uma viagem e não tinha dinheiro para levar. Decidi vender algumas coisas que tinha e nesse momento acabei aprendendo uma lição: que eu não usava um monte de coisas que eu guaradava, que comprava coisas bobas e que tinha muito mais do que eu precisava. Consegui juntar dinheiro e viajei. Lá, no Canadá, fiquei hospedada na casa da minha cunhada, que mora em um apartamento super funcional e pequeno, logo, não pode entupir a casa dela de coisas. Durante um mês vivi sua rotina e aprendi a viver com o suficiente. Foi transformador.

Praticamente não comprei coisas na viagem, fiquei esse mês todo usando as poucas coisas que levei e um casaco pesado de frio que ela me emprestou. Aprendi então que não precisava de mil roupas diferentes.

Voltei com um novo pensamento! E quando vi esse documentário conectei várias coisas que aprendi nessa viagem. Viver com menos é o que eu venho tentando praticar e tenho experimentado um sentimento de leveza muito especial. Adoraria que pudessem sentir isso também. Assistam o documentário e me contem  o que acharam nos comentários.

  • Disponível na Netflix
  • Joshua Fields Millburn, Ryan Nicodemus
  • Ano 2016
  • Duração 1h 18min
2017-08-23T23:05:11+00:00 0 Comments

Leave A Comment